14 fevereiro 2009

vidas alternativas #3


o problema são as palavras. as tuas. que me trocam as voltas todos os dias. já tinha dito que não passava de hoje. nem de ontem, ou do dia anterior. todos os dias me prometo que vai ser diferente. que não me deixo levar. amanhã vou ser capaz de te pedir as respostas. vou dizer-te que já não me chegam as palavras. que preciso também dos braços. e dos abraços. que não quero ter de fingir-me forte outra vez. que já me chega usar máscara quando ando lá fora. que pelo menos aqui quero ser eu. que estou farta de viver a migalhas. que tenho fome de mais. da próxima vou fazer-me de má. vou mostrar cara feia às tuas provocações. mas tu vens e dás-me a volta. outra vez. falas-me dos teus desejos. parece que adivinhas as minhas intenções. partilhas as memórias de outras viagens. e eu recordo as imagens deixadas. contas-me os teus sonhos que também ficaram no papel. sinto-me derreter. mostras-me o sorriso. eu não resisto. dizes que preferes viver de ilusões. e eu encolho-me e acedo. porque também tenho medo de arriscar na vida real.


4 comentários:

c. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
c. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ph disse...

Um pessoa que admiro bastante disse-me, certo dia, que o segredo da escrita está em escrever bem, mas de forma simples.
Percebi bem agora.

c. disse...

ph:obrigada :$ pela visita e pelas palavras. as tuas.