01 setembro 2008

What's next?

Tavira - Agosto 2008

Por muito que me esforce por usar as palavras certas, o certo é que não as encontro. Estou de volta após umas muito merecidas férias, que estiveram muito, muito perto de serem perfeitas! Mais uma vez se provou que não há como o improviso, deixarmo-nos ir e ver o que acontece...assim foi!


Ficam na memória uma série de imagens que agora custam a sair: os mapas muito actuais, a K7 engolida pelo rádio, os sucedâneos de Dráculas à beira da estrada, as sessões de jogo noite dentro (somos mesmo bons no Tabu...), os shots de Ginginha e os vinhos "docinhos" no terraço, os malditos caracóis que estavam difíceis de apanhar (e todos os outros petiscos que pareciam saídos de manuais de culinária aplicada!), os Xutos que mais faziam lembrar os Pauliteiros do dia anterior e as corridas atrás do senhor das bolinhas...sem creme!


Há muito que esperava por uns dias assim, por uma prova de estar no caminho certo. Precisava encontrar um ponto de partida para algo novo. Sim, voltei lamechas...mas é uma lamechice boa. Daquela que me trás vontade de distribuir mimos a toda a gente. Volto fascinada com o que recebi de novo nestes dias...e por perceber que afinal tudo depende da nossa vontade!

É bom sentir ainda no corpo as marcas dos dias inteiros passados na praia...e também das noites passadas a contar estrelas! Guardo na memória as constelações triangulares descobertas (...ainda sem nome!) e a sensação de acordar sob o céu azul ao som do sino das igrejas em volta. Recordo os malabarismos na areia e os mergulhos ao fim da tarde a que arriscaria chamar de perfeitos.

Olho em meu redor e deixo-me deslumbrar pelas novas cores que descobri. Sinto que cá dentro cresceu um desejo de mais, muito mais...como se, finalmente, tivesse acordado de vez e quisesse tudo o que há de bom. Pode dizer-se que volto de bagagem cheia, mas há ainda espaço para muito mais portanto...what's next?!?

14 comentários:

angel_of _dust disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
angel_of _dust disse...

depois de ter enterrado os pés na areia - os dedos na areia - será que ficou algum grão? - algum grão teimoso que conseguiu fugir ao banho tomado após?

depois de ter contado as estrelas - as que tremem e as que não - será que alguma me seguiu na volta a casa? - brilha agora no retorno à cidade?

quanto tempo irá o pó da viagem permanecer nas minhas asas? - e como mantê-lo lá?

c. disse...

...a poeira destas viagens não sai com banhos de mar ao luar - nem com água doce. é uma poeira reluzente que nos cobre as asas e traz forças para voarmos até onde nos levam os sonhos.

até quando durará o seu brilho?

isso depende do trajecto da estrela cadente que soltou estes pós mágicos...qual o seu destino?

angel_of _dust disse...

não conheço o destino dessa estrela cadente que iluminou a noite de fim de verão...

...sei sim que a sua cauda deixou em mim um brilho que me ajuda quando não há luz próxima - e que me me vai indicando sempre aquele ponto azul no horizonte - o azul onde me quero repetidamente perder.

Isabel disse...

A k7!!! lol o meu pai teve a desmontar o radio todo! :P

E vocês podem ser bons no tabu mas nós somos muito melhores que vocês no pictionary, a desenhar pulmões e copos de vinho :P

c. disse...

angel_of_dust:

também não lhe conheço o destino mas tenho gostado do trajecto que vai desenhando...

...e que esse azul em que te vais perdendo seja antes uma forma de te (re)encontrares e retocares o vermelho das tuas asas. esse porto de abrigo.

c. disse...

isabel:

...escusavas era de atirar essas coisas à minha cara, não? vocês queriam era desenhar pulmões como eu! Ah, e eu bem vos ouvi: "temos de treinar o tabu!"...pois tenho a avisar que nunca chegarão ao nosso nível ;) pensas que aquelas conversas noite dentro eram o quê?!? estávamos a treinar lol


Ah, e deixo desde já aqui a merecida referência ao herói do cubo porque tinha esquecido no texto esse momento histórico ;)

...e mais uma vez obrigada por tudo ***

Rê. disse...

AHAHAH!
Isabel, esqueceste-te da minha Ilha no pictionary, também era digna da lista de desenhos mais absurdos criados por um ser humano!
O rádio eu te-lo-ia arranjado se me tivesses deixado... tal como tratei do cubo! :D

Sim somos os MARADONAS do Tabu, mas também me parece que ficou a faltar uma justa referência à maior desposta que eu já vi no Monopólio e Risco... Houve alturas em que temi pela minha própria vida... :P

Os welffes, os barcos avareados e as soutienas... os D. ROdrigos! Tanta coisa digna deste diário! Umas férias que não esquecerei e que, se possivel, gostaria de repetir! ;)

Rê. disse...

Ups... onde se lê "desposta", no comentário anterior, deveria ler-se "déspota"! É a minha incompatibilidade com os teclados... só sai asneira!

c. disse...

rê:

...qualquer um teme pela própria vida quando joga com certas e determinadas pessoas. Honestamente não me lembro da minha sorte no monopólio mas calculo que tenha sido idêntica à do risco! Oh sorte...


...certamente vão haver muitos mais dias como estes. Aliás, eu vou cobrar as tuas promessas em relação aquilo que tu sabes que eu sei ;)

Barrabás disse...

Terei todo o gosto em pagar todas as minhas dívidas! Não quero ser apelidado de caloteiro! :)

c. disse...

...vou já reservar a mesa para a jantarada do próximo ano :)

Barrabás disse...

:)
boa noite!

c. disse...

...tenho saudadinhas das nossas noitadas!

***