25 setembro 2008

dúvidas...

Lars and the Real Girl


...será loucura assumir perante todos a necessidade que temos de segurança? o admitir que precisamos de sentir que, ao menos por uma vez, a pessoa a quem abrimos o nosso mundo, não vai desaparecer? porque nos apontam o dedo ao admitirmos que precisamos sentir que afinal há coisas que não são efémeras? será assim tão estranho este medo de deixarmos que invadam o nosso espaço, para depois partirem com os segredos roubados?



Dagmar: It's such a comfort sometimes, just to have somebody's arms around you. Don't you think?
Lars: No.
Dagmar: It feels good.
Lars: It does not feel good. It, it hurts.
Dagmar: Oh, like a cut, or bruise?
Lars: Like a burn. Like when you go outside and your feet freeze and you come back in and then they thaw out? It's like that. It's almost exactly like that.



p.s.:Há muito que não me identificava desta forma com uma personagem.

Sem comentários: