29 março 2008

Grunge is alive

Hoje fizeram-me abrir o baú das memórias que me fazem sempre sorrir. Aquelas que me transportam à época em que tudo era a cores. Menos a roupa, que tinha de ser preta. Para mim foi tempo de conhecer a rebeldia, de querer ser diferente. E era...lá andava eu com o único piercing da escola. Comigo andava sempre o walkman com k7's que gravava, dos meus preciosos cd's. Comprados com as poupanças de muitas semanas. Para mim eram os tempos do Grunge. Tempos em que o volume do rádio não facilitava o diálogo. E as paredes forradas de posters afastavam qualquer um. Mas por dentro, a alma fervia com aquele som.

No meio das memórias encontrei um cd com esta raridade, que ouvia repetidamente enquanto sonhava com o meu amor platónico. Uma versão de
Throw Your Arms Around Me (Hunters And Collectors) pelos Pearl Jam.




I will come to you in the daytime
I will raise you from your sleep
I will kiss you in four places
As I go runnin' down your street
I will squeeze the life right out of your
I will make you laugh, I'll make you cry
And we may never forget it
As I make you call my name as I shout it to the blue, summer sky
And we may never meet again
So shed your skin lets get started
And you will throw your arms around me

I will come to you at nightime
I will climb into your bed
I will kiss you in 155 places
As I go runnin' round in your head
I will squeeze the life right out of your
I will make you laugh, I'll make you cry
And we may never forget it
As I make you call my name as I shout it to the blue, summer sky
And we may never meet again
So shed your skin lets get started
And you will throw your arms around me
Ohh yeah, uh huh, uh huh...
Oh...and you will throw your arms around me

4 comentários:

milsean disse...

A coisas que eu faço vir à tona :P
http://youtube.com/watch?v=XGYm4Ixo6V4

(ainda não acredito!) =O
LOL*

Dinesh disse...

Que saudades que eu tenho! :D

*****

C. disse...

milsean:
é para que vejas como eu sou uma caixinha de surpresas ;) as coisas que tu não sabes!

dinesh:
saudades...de mim ou do grunge? LOL eu tenho saudades de mim naqueles tempos!

Dinesh disse...

C. :

Saudades do grunge, claro! Dahhh! LOL

Eu nos tempos do grunge era magrinho e bonito, tocava guitarra todos os dias, tinha namoradas freaks mta lindas, e guardava a esperança de mudar o mundo.
Agora, sou um old tired creep... foi a única coisa do grunge que restou em mim.

Saudades.
Saudades.
Saudades.

Ressuscita, Kurt Cobain, estás perdoado!