24 março 2008

Migalhas

Janeiro 2008


"Não digas nada, dá-me só a mão. Palavra de honra que não é preciso dizer nada, a mão chega. Parece-te estranho que a mão chegue, não é, mas chega. (...) Vou contar-te um segredo: há alturas em que as migalhas ajudam."

António Lobo Antunes, Migalhas

4 comentários:

Dinesh disse...

:)))))))))


É mesmo verdade! :)


Muitas migalhinhas de beijinhos pra ti*


P.S. Gosto mais de ti do que dos amendoins do LIDL!

milsean disse...

" dá-me a tua mão,
ainda que seja a esquerda.
tanto faz, se for tua.
se segurar a tua mão não há receio de fugir.
se segurares a minha mão não há receio de perder-me.
dá-me a tua mão,
ainda que seja a esquerda."

(a esquerda não te posso dar, mas se pudesse juro que dava =) toma lá a direita e não a largues)
beijinho minha franjinhas*

C. disse...

dinesh,
as tuas migalhinhas sabem sempre bem mas devias começar a ser mais discreto com isso dos amendoins :)

milsean,
já não te largo a mão direita mas em breve não chegará e vou também querer a esquerda. já sabes como é que eu sou...dão-me a mão e eu quero logo o braço! Ou pelo menos o (mono)abraço ;)

Dinesh disse...

Essa história dos amendoins e dos pickles foi apenas uma pequena ironia face àquelas expressões do tipo "Gosto de ti mais que muito" que abundam pelos vossos blogs e haifaives e tal.

Mas se achas que pode causar assim tantos estragos, ciumeiras, e afins, já não está cá quem falou.

Eu nem gosto de ti. Ah Ah Ah Ah Ah