06 novembro 2008

Pós de perlimpimpim

Por muito estranho que possa parecer, o momento alto dos últimos dias tem sido o acordar. Por coincidência tenho despertado sempre com a mesma música na rádio. A melodia mágica que tem dado cor aos meus dias é a nova versão do "Pó de Arroz" de Carlos Paião, agora na voz do Tiago Bettencourt. Lembro-me bem que esta era uma das minhas músicas favoritas quando era (muito) pequenita. Traz-me muito boas memórias de infância que têm funcionado como pós de perlimpimpim, devolvendo-me um sorriso de que já tinha saudades.


Ficam aqui as duas versões pois, além do vídeo da nova versão ser simplesmente delicioso, neste momento já não consigo saber de qual das versões gosto mais
...







6 comentários:

j. disse...

avé dinossaura!!!! :D

Agre & Doce disse...

É lindo, meu amor. Eu prefiro a versão do Carlos Paião, mas tb gosto mt da versão do Tiago Bettencourt.

Confesso que fiquei sensibilizado por ter revisto esta canção, e me ter relembrado do Carlos Paião. Pra mim, ele era genial, e ainda hoje ninguém faz nada como ele fez. Foi uma catástrofe ter morrido tão novo.

E sabes no que resultou? De quinta para sexta fiquei da 23h à 1h da manhã a tocar, mesmo sabendo que no dia seguinte teria de dar aulas cedo.

Avé Carlos Paião, Avé gaja boa Cattie*

Gonçalo Rosa disse...

Olá,

Sem dúvida a de Carlos Paião... bem sei que é a mais antiga e que, portanto, parte em vantagem no nosso imaginário relativamente à nova versão... ainda assim, a voz do Tiago é bastante limitada (pouco aberta) e bastante mais grave, incapaz de fazer brilhar os "pós de perlimpinpim" que tanto gostamos;)

A voz do Tiago padece do mesmo mal que a do Abrunhosa (e de tantos, tantos outros). Perfeitas, para algumas músicas, mas incapaz de sair de meia dúzia de notas).

Bjis e um dia cheio de sol para ti,

Gonçalo

inês disse...

sem dúvida a versão original que nos faz sonhar. a versão do tiago bettencourt parece-me agressiva de mais. o moço parece-me sempre de mal com o mundo e com esta música pretende-se o contrario. o tributo dos donna maria com o vinho do porto está (L) e agora vou ao iútubi ouvir a cinderella :) que sempre foi a minha preferida *

c. disse...

Agre & doce:
se teve todo esse impacto então vais ter de me recompensar...vá, um gelado basta ;)



gonçalo:
eu que não percebo nada de música (e o senhor ali em cima bem o pode provar LOL), gosto muito de ambas as versões e confesso que a voz do Tiago Bettencourt me cativa...além de que é um rapazinho muito jeitoso :$ ups, isto não era para dizer!



inês:
És mesmo torta! eu não acho que ele esteja de mal com o mundo!!! o moço ali todo meloso e ninguém lhe dá carinho e atenção...

Gonçalo Rosa disse...

Concordo contigo quanto à voz. É bastante cativante... apenas comentava que era muito pouco aberta, pelo que não dá para cantar muitas coisas... eu também gosto muito do Abrunhosa ou do Sérgio Godinho, mas lá que eles têem vozes muito limitadas, lá isso têem...

Quanto ao jeitoso, também acho, mas não posso assumi-lo... não vá o meu machismo latino ser posto em causa LOL (esta foi para te eriçar a pele... rsrsrss)

Bjis,

Gonçalo