15 julho 2007

Sinto-me...

Vikhammer, Noruega - Abril de 2004

...vazia, gelada, isolada e, principalmente, sozinha.

Sei que o Inverno veio para ficar...o frio entranhou-se e já não me lembro de como é o calor, olho à volta e não existe nada nem ninguém, procuro respostas dentro de mim e só ouço um eco distante que repete as minhas questões no vazio. Sei que o sol não vai voltar e dentro de mim será sempre noite.

1 comentário:

joana f. disse...

" Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."
Fernando Pessoa