02 fevereiro 2007

A desforra dos pastéis de nata

Foi com grande alegria que vi chegar o último exame e, consequentemente, o dia de nos desforrarmos de todo o stress num enorme prato de pastéis de nata, em Belém. Ali estava eu a saborear o meu pastel, descascando a massa em pequenos pedaços e a comer o recheio com pequenas colheradas, quando surgiu o comentário habitual, que se repete de todas as vezes que faço alguma coisa que me deixa realmente feliz:


“A Catarina, é sempre a última a acabar de comer os pastéis!”

ao que eu respondo:

“Gosto de fazer durar as coisas boas…”

e a Joana não hesita em responder:

“Ah, eu nisso sou como os homens…a despachar!”


Foi uma grande tarde de desforra ;)


P.S.: Inês, obrigada pela foto ;)

3 comentários:

joana disse...

não foi bem assim menina.. foi mais "eu devo ter um forte lado masculino, é logo à pressa".. que isto quando uma pessoa põe entre aspas as coisas devem ser bem ditas! =P depois seguiu-se uma conversa interessante sobre "como-os-vendedores-das-sex-shops-portuguesas-são-incompetentes-e-nem-sabem-dizer-se-os-vibradores-já-vêm-com-pilhas"!! ;)
ai pastéis, pastéis..foi uma grande desforra, sim sra!!
a repetir!!
xuack*

ana luísa disse...

hummm! pasteis de belém!! só d olhar pá fotografia fico com vontade de comer montes deles! *

inês disse...

Ah GRANDIOSA desforra pah! Quase valia a pena repetir os maldtitos exames para saborear a vitória (leia-se os pastéis). A conversinha foi do melhor, apesar de eu só la chegar uns bons segundos mais tarde (ia escrever atingir mais isso soava pior LoL).

Temos de repetir sem duvida, podemos variar no roteiro gastronomico e ir a sintra (: aquele açucar apodera-se de nós!

bjito*