20 janeiro 2007

Fechado para balanço


Os últimos dias de estágio foram difíceis, não só pelo trabalho mas principalmente por sentirmos que a despedida se aproximava...no último dia uma senhora veio até nós e ofereceu-nos estas palavras:

Escada sem corrimão

É uma escada em caracol
E que não tem corrimão.
Vai a caminho do Sol
Mas nunca passa do chão.
Os degraus, quanto mais altos,
Mais estragados estão,
Nem sustos nem sobressaltos
servem sequer de lição.
Quem tem medo não a sobe
Quem tem sonhos também não.
Há quem chegue a deitar fora
O lastro do coração.
Sobe-se numa corrida.
Corre-se perigos em vão.
Adivinhaste: é a vida
A escada sem corrimão.

David Mourão-Ferreira

Foram 3 semanas intensas e sinto que vamos precisar de muito, muito tempo para digerir tudo aquilo que nos ensinaram estas pessoas que conhecem tão melhor que nós esta escada.

1 comentário:

Criatura Disforme disse...

Eu cá pra mim axo é que tu tás armada em marikinhas. :p